Logo
23 nov 2021

O que fazer em Gante, na Bélgica

Post by Aline Miquelino Pierrat

Gent (na língua original, holandês), ou Gante (em português), Gand (em francês) ou Ghent (inglês). Gante é uma das maiores cidade da Bélgica. Eu amo Gante porque combina o charme de Bruges com a agitação de Bruxelas. Gante é uma adorável cidade antiga e é uma ótima opção de passeio de um dia.

Quem viaja para a Bélgica costuma visitar a capital Bruxelas e também para Bruges. Mas o país tem outros segredos escondidos que você pode descobrir e um deles é Gante. Mas afinal, o que fazer em Gante? Lá é possível conhecer castelos e igrejas medievais bem no meio da cidade, enquanto desfruta de sua vibrante vida noturna.

Pode-se ir de ônibus, a passagem de Lille, por exemplo, é 4,99 €, ou de carro (56 minutos). Ou de trem saindo de Paris, com uma parada em Bruxelas (1h55).

1 – O CASTELO GRAVENSTEEN

Comece sua visita no Castelo Gravensteen, do século XII localizado bem no centro da cidade. Após subir ao topo das torres e se apaixonar por Gante do alto, você pode conhecer melhor a cidade. Preço: 12,00 € Meia entrada: 7,00 €.

2 – CANAIS DE GANTE

Gante é atravessada pelo rio Lis e por inúmeros canais. Assim como Bruges, a água é uma das principais atrações da cidade e os passeios de barco pelos canais são populares entre os turistas.

Visite o site oficial para mais informações sobre horários e valores.

3 – IGREJA DE SÃO IGREJA DE NICOLAS (SAINT-NICOLAS)

A Igreja de Saint-Nicolas é um dos edifícios mais antigos e imponentes da cidade de Gante, na Bélgica. Iniciada no início do século XIII para substituir uma antiga igreja românica, a construção durou todo o século no estilo arquitetônico gótico escaldiano.

Embora mais antiga que a Catedral de São Bavo, é mais bem preservada e mais clara. As esculturas são muito bonitas, os vitrais são enormes e o órgão também vale a pena mencionar. Do lado de fora, Saint-Nicolas se distingue por suas torres pontiagudas.

4 – BELFRY OU BELFORT

O Campanário de Gante fica localizado no coração da cidade de Gante, na Bélgica. Datada do século XIV, é uma das emblemáticas “Três Torres” do centro histórico de Gante, com as torres da Catedral de São Bavo e da Igreja de São Nicolau. Sua altura é de 95 metros.

O Campanário é o símbolo da independência da cidade. A construção começou em 1313, mas a torre não atingiu a altura atual até o século XX. A vista do topo do Campanário é mais alta do que a do castelo, mas menos central. Preço: 8,00 €  Meia entrada: 2,70 €.

5 – Sint-Baafskathedraal – CATEDRAL DE SAINT-BAVO

A Catedral de São Bavo é uma importante igreja gótica da cidade de Gante, na Bélgica. É a sede da diocese de Gante, erguida em 1559. Simples igreja paroquial com o nome de São João no século XIII, adquiriu o estatuto de colegiada em 1536, após catedral em 1559.

A terceira e última das “3 torres de Gante” é a Sint-Baafskathedraal, ou Catedral de São Bavo. A primeira é a torre Sint-Niklaaskerk (Igreja de São Nicolau) e a segunda das 3 torres de Gante é o Belfort van Gent.

Esta obra-prima da arquitetura gótica foi concluída em 1559, substituindo uma antiga igreja românica. Entrada livre.

6 – Werregarenstraatje – RUA DO GRAFFITI

A rua (que mais parece um beco) é uma “zona de tolerância” ao grafite e apareceu oficialmente em 1995 durante as festas de Gante. O projeto deveria ter um número definido e limitado de graffiti.

Mas os artistas de rua desde então abraçaram o local e continuaram a exibir seus trabalhos em qualquer espaço vazio que pudessem encontrar. É oficialmente proibido criar grafites no local, mas as autoridades fingem que não veem e o resultado é uma rua em constante mudança.

A Werregarenstraatje é uma via pública convencional que pode ser visitada a qualquer hora do dia.

Espero que tenham gostado das dicas e que esse post ajude a tornar sua viagem para Gante ainda mais incrível. Você já visitou Gante? Ficou com vontade de visitar?

Avatar
Nascida no interior de São Paulo, atualmente mora há três anos na França. Advogada e formada em direito no Brasil, possui dois mestrados na França e agora se lançou em um novo desafio: MBA em marketing digital. Seu amor por viagens, gastronomia, dicas de beleza, fez com que ela criasse o instagram @francebyaline deixando de lado o jargão jurídico para escrever de forma leve e descontraída aqui na internet.

1 comentário

Leave a Comment

pt_BR
pt_BR